Colunistas5

Publicidade
Cheila Naves

Cheila Naves

Mãe de três filhas, Cristã, Professora do IFTO, Empresaria de uma academia exclusivamente feminina. Foi a primeira coordenadora do projeto social internacional Brasil - Canadá, que trabalhava com mulheres em estado de vulnerabilidade.

Terça, 22 Agosto 2017 10:00

Correr é mais que um verbo

Na era de tanto sentido para tudo, seja para a comida, para as relações, para o que se posta nas redes sociais, para a quantidade de piscadas que uma pessoa dá quando mente ou fala a verdade, acharam o significado de CORRER também: reduz a gordura corporal; melhora a ansiedade e tensão, a qualidade do sono, a capacidade cardiovascular e pulmonar, os níveis de colesterol, a força de membros inferiores e etc. etc. etc. Isso tudo é verdade e, especialmente, depois dessas descobertas deixamos de dar atenção a esse movimento num único dia do ano - 31 de dezembro quando ocorre a São Silvestre - e passamos a inserir na nossa rotina, tanto que temos populações inteiras sendo adeptas da corrida. Veja o exemplo de Palmas, onde há um calendário oficial exclusivo para corridas, o Circuito Virgílio Coelho.

Terça, 15 Agosto 2017 21:56

Onde está sua beleza?

Trabalhar proporcionando o bem-estar das pessoas é algo que está acima de qualquer quantia monetária. Obviamente, paga-se pelo serviço prestado, afinal profissionais investiram tempo e dinheiro para saber como alcançar a meta desejada pelo cliente/paciente. Mas recompensa mesmo, a gente tem é na expressão de satisfação quando esses objetivos são atingidos. E nessa rotina de acompanhar a evolução ou o desabrochar da beleza de pessoas de várias idades, como gestora de uma academia, paira por meus pensamentos a seguinte questão: Qual é o tipo de aparência que realmente cada um quer?

Sexta, 11 Agosto 2017 23:25

Uma doce forma de empreender

O protagonismo juvenil tem me encantado com mais intensidade nos últimos tempos. Ver e até participar da concretização de projetos de pessoas com idade muito tenra tem sido gratificante e motivador num país em que a realidade econômica, na mais otimista das visões, ainda deve demorar para se ajustar, pois dizer que os componentes que envolvem o contexto financeiro brasileiro vão se equilibrar de forma definitiva pode ser uma ilusão sem tamanho. Porém, felizmente, no que depende da força de quem leva esse País adiante encontramos exemplos que fazem acreditar que a maior contribuição desse ajuste da economia virá, literalmente, das mãos habilidosas de quem não se acomoda com os rumos que as coisas estão tomando diante de nossos olhos.

Publicidade

Colunistas

Acesso Restrito

Contato

© Todos os direitos reservados. Ivonete Eich / Coluna VIP Tocantins | 2013-2017.

Desenvolvido por OceanoAzul 100x27